• Dicas de esquiadores para economizar nesta temporada de neve nos EUA

    Indicações para gastar menos em equipamento e hospedagem

    Fonte: O Globo

    Esquiar não é uma atividade barata. O site de reservas Hipmunk mostrou que o preço médio de duas diárias para duas pessoas em uma popular cidade de esqui como Vail, no Colorado , ou Park City, em Utah , com voos econômicos de ida e volta dentro dos EUA, fica entre US$ 1.700 e US$ 2.200.

    Ir a resorts menores é uma boa estratégia para economizar dinheiro, assim como comprar ingressos para os teleféricos antes de sua viagem; de acordo com a Liftopia, que vende bilhetes para mais de 200 áreas de esqui, a economia média é de 30% para quem os reserva com 11 dias de antecedência.

    Também dá para economizar esquiando em janeiro: o Kayak mostrou que sete dos dez destinos de esqui mais populares em suas buscas tinham a menor média de preço nas passagens aéreas ida e volta em janeiro, incluindo uma para Bend, no Oregon, por US$ 230, ou Banff, no Canadá, por US$ 298.

    Mas, para conseguir as melhores dicas, fui falar com os moradores das cidades de esqui e com os esquiadores inveterados para descobrir suas estratégias.

    - Morar com seus pais é uma delas. Ou conhecer pessoas nas lojas para refazer a cera dos esquis em troca de cerveja. A troca é comum, muita coisa é feita por cerveja - disse Bryant Dulin, de 34 anos, esquiador ávido e desenvolvedor de aplicativos que mora em Basalt, no Colorado.

    Os devotos do esqui hardcore recomendam ir para as montanhas.

    - Se você tem de arrumar um emprego, arrume um na montanha, porque terá passe livre- disse R. Scott Rappold, de 44 anos, jornalista freelance de Del Norte, no Colorado. Ele esquiou durante 101 dias no inverno passado.

    Excetuando-se a mudança, as seguintes dicas vão ajudá-lo a poupar como um esquiador inveterado.

    Leve pouca coisa
    Estudante e competidor de snowboard que mora em Aspen, Shane Serrano, de 24 anos, tem de fazer o check-in de seu snowboard quando viaja. Mas, para aproveitar ao máximo, ele enche a mala com roupas até o limite de peso.

    - E levo uma bagagem de mão. Se essa for a única mala despachada, então economizo as taxas.

    Dica: tecidos de alta tecnologia, que são finos, aquecem sem fazer volume.

    Fique em um lugar afastado e use o transporte público
    A localização é um dos principais fatores que determinam as tarifas dos hotéis nos resorts de esqui, com quartos na beira da montanha tendo os preços mais altos. Para poupar, use o transporte público. Durante a Semana do Presidente em fevereiro (que este ano foi de 16 a 23 de fevereiro), uma das semanas mais movimentadas em áreas de esqui, o Homewood Suites em Salt Lake City cobrava US$ 68 pela diária de um quarto grande o suficiente para uma família de quatro pessoas. Os resorts em Park City ficam cerca de 50 quilômetros a leste.

    De Salt Lake City, a passagem do ônibus sazonal da Autoridade de Trânsito de Utah custa US$ 4,50 e serve oito áreas de esqui, incluindo Snowbasin Resort e Alta Ski Area.

    - Sempre digo às pessoas que peguem o ônibus, é superbarato", disse Nick Como, de 40 anos, residente de Park City. "Você pode ficar fora da cidade e pegar um ônibus gratuito.

    O serviço de ônibus expresso inter-regional do Departamento de Transportes do Colorado, o Bustang, conecta Denver a cidades nas montanhas ao longo da I-70, incluindo Vail (tarifa: US$ 17) e Glenwood Springs (US$ 28).

    O morador de San Francisco Neil Bhatt, de 30 anos, cientista de dados, visitou Squaw Valley em Lake Tahoe, na Califórnia, no inverno passado 12 vezes.

    - Minha esposa e eu usamos o Sports Basement Ski Bus. Por US$ 75 ida e volta por pessoa, conseguimos fazer uma viagem de um dia de San Francisco para Squaw. Café da manhã e bebidas são oferecidos. (A tarifa é de US$ 80 este ano.)

    Se você estiver em um destino de esqui popular, como Park City, Aspen e Vail, os ônibus locais são gratuitos.

    Alugue equipamentos longe das pistas
    Alugar equipamentos em um resort de esqui é uma conveniência pela qual geralmente você paga caro. As lojas de esqui na cidade geralmente oferecem pechinchas.

    - Se você vem de fora da cidade, use as lojas de aluguel em Salt Lake City - disse Como.

    O equipamento básico, acrescentou ele, é bom para iniciantes e intermediários.

    - Quando minha esposa estava aprendendo, conseguimos um aluguel de pouco mais de US$ 100 para toda a temporada.

    Há também um número cada vez maior de serviços de entrega quando se alugam equipamentos de esqui com boas taxas; fiz o orçamento de três dias de aluguel do equipamento que seria entregue em um hotel no início de janeiro em South Lake Tahoe, na Califórnia, começando em US$ 39 por dia no site skibutlers.com.

    Comprar ingresso de meio dia
    Você realmente consegue esquiar durante sete horas? Se não, considere um bilhete de teleférico de meio dia, que lhe garante de três a quatro horas e custa menos.

    - Mesmo nos meus melhores dias, raramente esquio das nove às quatro.

    Ele frequenta principalmente os resorts menores do Colorado, como o Wolf Creek Ski Area (onde os bilhetes de dia inteiro custam US$ 76, e os de meio dia custam US $ 60) e o Monarch Mountain, que cobra US$ 94 por um dia, US$ 72 por meio dia e US$ 38 das 14h às 16h.

    Faça por merecer
    Fãs de esqui morro acima, atividade também conhecida como skinning, evitam as filas dos teleféricos e sobem a montanha para descê-la esquiando. Na maioria das áreas de esqui, a prática é gratuita, embora alguns lugares cobrem uma taxa mínima. Quem sobe a encosta a pé diz que está "fazendo por merecer a descida" e considera a prática um exercício barato e intenso (porém os esquis e as botas são diferentes do padrão para a descida, por isso seja específico na hora de alugá-los).

    - Não é preciso todo o planejamento e a preocupação com avalanches como no esqui backcountry tradicional, porque é no resort - disse Caroline Tory, de 29 anos, de Aspen. Ela normalmente pratica o skinning em Aspen Mountain antes de ir para o trabalho em uma organização literária sem fins lucrativos.

    Compre e prepare sua comida
    As refeições na montanha são notoriamente caras (o menu de verão no Piste Mountain Bistro no Jackson Hole Mountain Resort cobrava US$ 13 por uma sopa). Trazer seu próprio almoço é uma das maneiras mais fáceis de cortar custos.

    - Sempre trazemos algum petisco- disse Susan Medville, de 46 anos, que vive em Pemberton, na Colúmbia Britânica, no Canadá. Ela, seu marido e seu filho de nove anos também trazem fatias de pizza ou wraps de pasta de amendoim e geleia, que comem na Peak 2 Peak Gondola entre as montanhas Whistler e Blackcomb, na área de esqui Whistler Blackcomb.

    - Encho meus bolsos como um esquilo ou meu marido traz uma mochila discreta. Não ligo para sanduíche esmagado.

    Ao viajar, a primeira parada de Serrano, o snowboarder, é o supermercado local.

    - Faço questão de experimentar um restaurante quando viajo, mas preparar suas refeições e trazer seu próprio almoço todos os dias é uma grande economia. Ele muitas vezes traz um sanduíche de peru. Fui apelidado de Sandwich Bag por causa disso.

    Às vezes, também é bom comprar as bebidas.

    - As garrafinhas de bolso quebram um galho e podem ser enchidas com qualquer bebida barata para manter você aquecido - escreveu em um e-mail Ben Moisen, de 26 anos, ávido esquiador, fotógrafo e cinegrafista de Powder Mountain, em Eden, Utah.

    Vasculhe lojas de artigos usados
    Para roupas de inverno a preços bons, verifique os revendedores on-line como GearTrade ou SidelineSwap. Nas cidades de esqui, visite as lojas de usados. Lugares ricos como Aspen, por exemplo, têm lojas de artigos de segunda mão como a Replay Sports ou a Susie's Limited Consignments, que muitas vezes oferecem artigos de qualidade.

    Em Whistler, Medville compra no Re-Use-It Center, onde encontrou uma jaqueta Bogner no ano passado. Ela o considera um bom lugar para comprar bastões de esqui, porque "seu estado realmente não importa", disse ela.

    Fonte: O Globo


    Fotos

    Tags

    © 2019 Chip pra Viagem. Desenvolvido por Doctor SAC